Ele comprou produto de vendedor do Rio de Janeiro, que seguiu todo o processo de compras sem levantar suspeitas.

Um morador de Montes Claros (MG) foi vítima de um golpe ao fazer uma compra por um site. Ele adquiriu um drone, por cerca de R$ 2.500, e recebeu uma caixa com pedras.

“Sou cliente há mais de 17 anos e nunca tive problemas, já vi pessoas reclamando, mas nunca tinha caído em nenhum tipo de golpe”, fala Fernando Nascimento, que também vende produtos no mesmo site em que a compra foi feita.

Fernando Nascimento conta que já tinha um drone, mas, como gosta de fazer fotos e vídeos, resolveu adquirir um equipamento mais moderno. Ele diz que o vendedor do produto, que seria seminovo, se identifica como morador do Rio de Janeiro. Antes de concluir a compra, eles tiveram contato e o golpista respondeu a todos os questionamentos que ele fez.

O suposto vendedor fez todo o procedimento de venda e postagem, sem levantar suspeitas. Dentro da caixa com as pedras, ele chegou a enviar os documentos relacionados ao envio do produto.

Como está habituado a fazer as compras pela internet, para se resguardar, Fernando Nascimento costuma usar uma modalidade de pagamento que oferece proteção ao dinheiro investido na aquisição de mercadorias. O vendedor só recebe a quantia depois de o cliente receber e atestar a qualidade do produto.

“Abri uma reclamação, informam que o vendedor tem um prazo para se explicar e depois a quantia é ou não devolvida”, fala Fernando, que não ficou no prejuízo e teve o dinheiro restituído. “É preciso uma atuação rígida com esse tipo de golpista, o site tem que rever a política de proteção para que compradores e também vendedores não fiquem no prejuízo”, completa.

Fonte e Fotos: G1 Grande Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *