Adailton Nunes Penido sofreu traumatismo cranioencefálico e morreu antes de dar entrada no hospital; os dois filhos, de 8 e 12 anos, sofreram ferimentos graves e foram transferidos para Montes Claros.

Um policial militar aposentado morreu em um acidente na MGC-030, em Juvenília, nesse domingo (13). Ele viajava com a esposa e os dois filhos, de 8 e 12 anos, que ficaram feridos e foram socorridos pelo Samu.

A mulher, de 38 anos, contou à polícia que dirigia o veículo quando o marido pensou que ela estivesse passando mal e puxou o volante. Em seguida, ela perdeu o controle da direção e capotou o carro.

Adailton Nunes Penido, de 48 anos, foi arremessado e bateu a cabeça em uma pedra. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu com traumatismo cranioencefálico e fraturas, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu antes de receber atendimento no hospital.

Segundo o Samu, a criança de 8 anos também sofreu fraturas e traumatismo cranioencefálico e o menino, de 12, teve escoriações e traumatismo craniano. Eles foram levados para o hospital de Montalvânia e depois foram transferidos pela equipe do Suporte Aéreo Avançado de Vida para a Santa Casa de Montes Claros. A assessoria do hospital informou, na manhã desta segunda-feira (14), que o menino de 12 anos está em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos. O estado de saúde da outra criança é estável.

Fonte/Fotos: G1 Grande Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *