Nas nossas vidas, existem momentos bons e ruins, 

depende de nós, escolher se vale a pena continuar lutando por aquilo, ou não. 

A vida é muita curta pra passar horas, meses ou até anos, vivendo a mesma coisa, chorando, sofrendo as vezes por um alguém, ou alguma coisa.

O que vale dessa vida é o que se vive é o que se faz.

O que importa é se sentir bem, sua auto estima está 

sempre a mil, se você não buscar sua própria felicidade quem fará isso por você?

Busque novos horizontes, razões e porquês que lhe completem, saber dar valor para as coisas mais simples, 

o amor próprio apresenta como um sentimento único, se colocando sempre em primeiro lugar, priorizando suas 

vontades e virtudes.

Leve a frente dois vícios: sua felicidade, e sua vontade. 

Esses dois caminhando juntos levará você sempre ao extremo, onde ninguém poderá imaginar, pois só você saberá qual o melhor pra você, e uma decisão própria 

reflete muito mais, uma necessidade sua que deve ser obedecida.

Vivemos muitos momentos, vale refletir que cada 

um é único, exclusivo, se te fez rir ou chorar, priorize os bons, e aprenda com os erros dos ruins, o que vale é viver cada momento como se fosse o ultimo, 

vivendo sempre o presente para não se arrepender no futuro, e não deixar que o passado passe em branco, 

o mundo pode acabar, o tempo passar, as pessoas podem mudar, e você se pergunta, eu realmente vive?

”APROVEITE O DIA E CURTA CADA MOMENTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *