Muitas vezes sofremos calados, lamentamos a sós, sofremos calados.  Só mesmo agente sabe das vezes em que tivemos que conter as lagrimas, porque ali não era “lugar de chorar”. Só somente nós sabemos das vezes em que dissemos “estou bem” enquanto, na verdade  torcíamos  para que uma outra pessoa dissesse: “Sei que você não está bem, eu quero te escutar, eu quero te ajudar.”

Não há nada de errado em reconhecer os nossos méritos e assim porque não nos parabenizarmos por algo. Só nós sabemos, melhor que ninguém, a complexidade da nossa história de vida.

Então se só você sabe das vezes em que impediu suas lágrimas de rolarem, porque ali não era “lugar de chorar”. Só você sabe das vezes em que disse “estou bem” enquanto torcia para que o outro dissesse: “Sei que você não está bem, eu quero te escutar.”

Então eu quero refrescar a sua memória sobre os desertos que você já atravessou. Você sobreviveu aos seus piores dias, e nem sempre teve uma mão para segurar, pelo contrário, o que mais tinham eram dedos apontados em sua direção, cheios de julgamentos.

Muitas vezes as pessoas ao seu derredor lhe vêem   sorrindo, e não fazem ideia das suas noites em claro, quando ficou desempregado(a), com um monte de contas para pagar e uma família para sustentar.

Se você é mulher, ninguém imagina o seu desespero ao se ver diante da responsabilidade de criar um filho sozinha, tendo que arrancar força não se sabe de onde para dar suporte àquele ser tão indefeso, que só tinha você por ele.

E você, que recebeu o diagnóstico de uma doença grave?

Independentemente de já ter alcançado a cura integral ou ainda estar em busca dela, não importa.

Não se esqueça de se olhar como um gigante, pois só você sabe da magnitude dessa batalha.

Talvez você já esteja de saco cheio de ser chamado ou chamada de forte; talvez você só queira se sentir no direito de sentir todos os medos possíveis, mas ainda assim, eu digo: você é a força materializada.

Você, seja homem ou mulher, que teve que enfrentar o fim do seu casamento, de um relacionamento,  mesmo fazendo o seu melhor?

Se a sua consciência estiver em paz, deixe a vida se encarregar de colocar tudo no lugar. Tenha em mente que isso não simboliza o fim das suas chances de ser feliz.

Ainda tem muita água para passar debaixo da ponte. Você ainda será muito feliz. PENSE NISTO

!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *